Ficar na Zona de conforto, até quando?

peixinho

Trabalhei durante muitos anos em empresas de diversos segmentos e posso afirmar que fui bem-sucedida. Comecei como estagiária e terminei como Gerente. Foram mais de 10 anos de dedicação na área financeira operacional.

Em 2007 resolvi mudar o rumo da minha carreira. Comecei a estudar Psicologia, uma ciência fantástica com vários teóricos que é quase impossível conhecer a teoria de todos na sua totalidade. Foi a primeira vez que saí da zona de conforto, comecei a ir atrás do meu sonho.

Em 2011 me formei Psicóloga e comecei a trabalhar nas minhas duas profissões durante um bom tempo, até que um dia, por questões diversas que em outro momento especificarei tive que optar por uma das áreas e fiquei com a Financeira.

Tive uma boa ascensão na carreira financeira, mas entrei na zona de conforto e isso me angustiava, pois me dedicava e era reconhecida e ficava cada vez mais difícil de sair dessa zona em que me encontrava.

Até que veio a maternidade, e meu mundo mudou e para completar minha alegria de ser mãe, sai da zona de conforto e enxerguei nesse momento uma grande oportunidade de voltar para a área que eu tanto amo que é a Psicologia e agora também o Coaching.

São duas vertentes de trabalho maravilhosas diferentes em si, mas que se complementam. Hoje trabalho feliz, tenho meus pacientes e coachees. O trabalho virou uma diversão, afinal faço o que eu gosto e não apenas por obrigação de ter que trabalhar.

Tudo tem seu tempo. E quero lhe perguntar, você conhece as 04 Leis da Espiritualidade da Índia? Vou lhe contar, mas pode pesquisar no google que tem vídeos maravilhosos, sobre essas Leis.

1ª Lei – A pessoa que vem é a pessoa certa

2ª Lei – Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido

3ª Lei –  Só começa, quando começa

4ª Lei – Só termina, quando termina

Simples assim, e nessas 04 leis, eu resumo toda a forma como saí da zona de conforto. Meu filho é a pessoa certa, a saída da última empresa é o que poderia ter acontecido de melhor, agora é o momento de dedicação total no que amo fazer, e só vai terminar quando Deus quiser.

O tempo é a gente que faz, temos que planejar, fazer acontecer e jamais desistir, assim, chegará o momento que tudo fará sentido e seremos seres humanos completos com nossas capacidades e nossas fraquezas.

Querer sair da zona de conforto já é um grande passo, ter seu autoconhecimento é o segundo e do terceiro em diante é batalhar para conseguir no seu tempo.

Um grande  abraço.

Fabiana Miluzzi
CRP 06/109520
Psicóloga e Coaching Life
www.fabianacmiluzzi.psc.br
https://www.facebook.com/PsicocoachFabianaMiluzzi/
whatsapp (11) 96695-6606

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *